ARTIGOS

Artigos Control iD

15/07/2019
Estabilidade no emprego

Estabilidade no emprego: quando é um direito e quais suas regras?

Especialmente em momentos de crise econômica e mercado em retração, é comum o setor de recursos humanos ter de lidar com casos de corte de pessoal ou demissões. Porém, nem sempre a dispensa pode ser feita apenas de acordo com os interesses da empresa, pois há situações em que o funcionário goza de estabilidade no emprego. Essa garantia, no entanto, […]
28/06/2019
O que é dissídio?

O que é dissídio, quais suas consequências e como calculá-lo?

É importante, para qualquer empregador ou responsável pelo setor de recursos humanos, estar bem informado sobre as regras que podem ou que devem ser aplicadas especificamente aos contratos de trabalho de seus funcionários. Nesse sentido, entender o que é dissídio e quais são seus desdobramentos é fundamental. Afinal, como veremos melhor a seguir, são decisões judiciais que se somam a […]
13/06/2019
Administração de Recursos Humanos Tenha uma Gestão Eficaz

Como gerir processos eficazes na administração de recursos humanos?

Como gerir processos eficazes na administração de recursos humanos? A administração de recursos humanos (RH) é essencial para manter uma equipe motivada, capacitada e legalizada na empresa. Porém, para isso, são necessários vários processos administrativos, que devem ser feitos com eficácia para que não comprometam o ambiente nem gerem custos desnecessários com reclamações ou multas. Ainda mais após a implantação […]
05/06/2019
Faltas injustificadas, justificadas e afastamentos: entenda as diferenças!

Faltas injustificadas, justificadas e afastamentos: entenda as diferenças!

Um dos assuntos mais delicados no controle de jornada de trabalho refere-se a descontos nos salários por conta de ausências dos funcionários, gerando muitos debates sobre direitos e deveres. Para tirar as dúvidas sobre o tema, é preciso entender as diferenças entre faltas injustificadas, justificadas e afastamentos. Isso porque a legislação permite aos empregados, em casos específicos, não comparecer ao […]
09/05/2019
Jovem aprendiz

Jovem aprendiz, uma ótima opção para ambas as partes!

Conforme a Lei 10.097/2000, empresas de médio e grande porte podem contratar jovens como aprendizes, com idade entre 14 e 24 anos. A quantidade de jovens aprendizes que uma empresa pode contratar, deve ter uma relação com o contingente de seus funcionários CLT, sendo equivalente a, no mínimo, 5% e no máximo a 15% de trabalhadores com funções que demandem […]